Acessar ambiente


05/06/2022

Paulo Freire, centésimo ano: mais que um método, uma concepção crítica de educação


Ao ensejo do centenário do nascimento de Paulo Freire, este artigo mostra a relevância da concepção crítica de educação para o método de alfabetização e para a crítica à opressão vivida pela maioria da população na sociedade atual. Para isso, trata, no primeiro momento, do empenho de Freire na alfabetização e na conscientização das massas para a participação no desenvolvimento do país. No segundo momento, Freire abre-se para os esfarrapados do mundo e, mantendo-se como personalista cristão, estabelece profícua interlocução com o marxismo. Em conclusão, faz-se um paralelo entre a situação do país no exílio de Freire e o quadro atual, mostrando a perda que sua saída significou para a educação brasileira e o risco de perdermos até seu legado se persistir o retrocesso político em que nos encontramos. Clique aqui para ler o artigo